ROI: o que é e como calcular o retorno sobre investimento

O único método para fazer bons investimentos em marketing é identificar quais estratégias estão gerando os melhores resultados. Para isso, o caminho mais eficiente é analisar o ROI de suas campanhas.

O Retorno sobre Investimento é um dos principais indicadores de desempenho das estratégias, pois revela se uma determinada ação valeu a pena ou não. Assim, podemos considerá-lo como uma das métricas de Inbound Marketing mais importantes.

Então, que tal saber mais sobre o ROI e aprender como calculá-lo? Continue a leitura, que vamos explicar tudo para você!

O que é ROI?

ROI, ou em inglês, Return on Investment (Retorno sobre o Investimento), é uma métrica que revela o lucro obtido pela empresa ao realizar determinados investimentos. Dessa forma, você consegue identificar se houve perdas ou ganhos com as ações.

Na prática, é possível avaliar o desempenho de estratégias que abrangem várias frentes do marketing ou de ações específicas.

Por exemplo, podemos analisar o ROI de uma campanha de Inbound Marketing envolvendo Landing Pages, e-mail marketing, blog e redes sociais. Da mesma forma, também é possível identificar o retorno gerado a partir de uma campanha de mídia paga.

Qual é a importância do ROI como métrica de desempenho?

A importância do ROI como métrica de desempenho está na contribuição para os resultados da empresa. O retorno sobre o investimento sinaliza quais ações trazem melhores números.

Essa abordagem facilita a consecução dos objetivos de marketing e o planejamento das metas centradas em dados. Da mesma forma, você descobre quais canais de comunicação e estratégias são mais eficazes.

Isso significa que suas tomadas de decisão tornam-se mais acertadas. Ou seja, você consegue evitar erros comuns em empresas que não medem o ROI. Por exemplo, insistir na realização de uma campanha no LinkedIn, sendo que a maioria dos leads vem do Instagram.

Nesse caso, o resultado ficará aquém do esperado. Afinal, a escolha do canal foi errada. A mesma regra é válida para a segmentação e outros fatores que interferem nos resultados do negócio.

Em outras palavras, o Retorno sobre o Investimento não revelará exatamente o que deve ser feito para obter o melhor desempenho, mas mostrará o caminho que você deve percorrer para alcançar o sucesso.

Quais são os benefícios do ROI?

A grande diferença entre a publicidade tradicional e o marketing digital é a possibilidade de mensuração dos dados. No ambiente online, praticamente, tudo é medível. Nesse cenário, o ROI é um grande aliado das empresas que buscam escalar o seus resultados. 

A seguir, veja os principais benefícios proporcionados pelo Retorno sobre Investimento:

  1. Verificação da eficiência da campanha.
  2. Criação de uma base de dados confiável para alocação eficiente de recursos.
  3. Monitoramento da performance das ações ao longo do tempo.
  4. Facilidade de compartilhamento e compreensão.
  5. Realização de um plano de ação eficiente para a empresa e o setor de marketing.
  6. Potencialização dos ganhos.
  7. Acompanhamento da evolução do negócio, identificando o crescimento organizacional.
  8. Melhoria das tomadas de decisão, com estabelecimento de uma gestão data driven.

Qual é a fórmula básica de cálculo do ROI?

A fórmula básica de cálculo do ROI é: (receita – custos) ÷ custos. Em outras palavras, você utiliza o montante total obtido de faturamento e deduz a quantia investida na ação, dividindo o total pelo investimento inicial. O resultado pode ser expresso em percentual, fazendo a multiplicação por 100.

No entanto, vale a pena destacar que todo valor que entra devido ao investimento realizado deve ser considerado como receita. Por sua vez, o custo representa todo o capital aplicado na ação para atingir o resultado esperado.

Dessa forma, não é necessário multiplicar por 100 para chegar a um percentual, embora essa seja uma possibilidade.

Como interpretar o valor do ROI?

Para interpretar o valor do ROI, primeiramente, é importante saber que quando o resultado é superior a 0, significa que houve lucro. Caso seja menor do que 0, foi registrado prejuízo.

Assim, se o resultado for 0,5, indica que o retorno obtido foi equivalente a 0,5 vez o investimento inicial. Ou seja, menor do que o capital aplicado. Se for 2, o ganho foi dobrado.

Dessa forma, o resultado já traz um bom indicativo da ação realizada e se ela trouxe o resultado esperado. Contudo, é importante avaliá-lo em conjunto com outros indicadores, como ROE ( Retorno Sobre o Capital) e ROA (Retorno Sobre o Ativo).

Assim, você terá uma análise mais ampla e conseguirá tomar decisões mais acertadas. Inclusive, será mais fácil identificar se o ROI foi satisfatório. Isso porque um resultado acima de zero, em princípio, é interessante para a empresa.

Porém, vale a pena considerar o tempo que o investimento levou para gerar esse ganho. Quando ele é muito grande, sinaliza que não vale muito a pena. Por isso, o resultado é melhor quando conquistado a curto prazo.

Exemplo prático de cálculo do ROI

Um exemplo prático de cálculo do ROI é uma empresa que investiu R$ 2.000 em uma Landing Page para gerar leads, incluindo o desenvolvimento de conteúdo, programação e divulgação. 

Depois de determinado período, a organização gerou uma receita de R$ 6.000. Então, o ROI foi de 2, ou 200% (2 x 100%). Assim, o ganho foi equivalente ao dobro do capital aplicado, o que tornou a empresa mais lucrativa.

Com todas essas informações, fica claro que o ROI é importante para qualquer negócio. Afinal, você precisa saber do retorno sobre o investimento para verificar quais ações e escolhas fazem mais sentido.

Quais são os fatores que influenciam o ROI?

Existem uma série de variáveis que interferem diretamente no ROI de uma campanha. A seguir, conheça os principais:

1. Faturamento gerado pelos leads

O ciclo de compra dos leads permite entender o caminho que cada um deles fez para chegar até sua empresa. Dessa forma, você consegue otimizar o funil de vendas e identificar o ROI ao identificar a taxa de potenciais compradores perto de fechar negócio e dividir pelo valor investido.

2. Sazonalidade

A diferença da quantidade de compras feitas por período do ano faz toda a diferença do ROI. Aliás, interfere até mesmo no prazo de conquista do Retorno Sobre o Investimento. Portanto, a sazonalidade pode melhorar o resultado obtido.

3. Cultura organizacional

A cultura da empresa também influencia o ROI. Afinal, é possível diminuir os custos do investimento utilizando recursos próprios para o treinamento, por exemplo. 

Então, gostou de saber mais sobre o ROI? Aproveite e compartilhe este artigo nas suas redes sociais para contribuir com outras pessoas que precisam otimizar seus investimentos.

Em resumo

O que é ROI e como calcular?

ROI, ou em inglês, Return on Investment (Retorno sobre o Investimento), é uma métrica que revela o lucro obtido pela empresa ao realizar determinados investimentos. Dessa forma, você consegue identificar se houve perdas ou ganhos com as ações.

O que é considerado um ROI bom?

É considerado um ROI bom aquele que fica acima de 0, especialmente maior ou igual a 1. Isso significa que o retorno sobre o investimento foi positivo, de 100% ou mais. Se for inferior a 1, você pode ter lucrado, mas ganhou menos do que o capital aplicado.

Qual a importância do ROI?

A importância do ROI como métrica de desempenho está na contribuição para os resultados da empresa. O retorno sobre o investimento sinaliza quais ações trazem melhores números. Essa abordagem facilita a consecução dos objetivos de marketing.

estamos prontos para te atender

Vamos fazer negócio

Potencialize sua presença online! Descubra como a GMZ
pode impulsionar o seu negócio para o sucesso digital.